Ao longo da história, a alimentação tem sido uma constante preocupação, seja pela falta, abundância, ou pelo tipo de comida ingeridos. Não basta ter acesso aos alimentos para uma boa refeição. É igualmente importante escolher os componentes certos e nas quantidades certas.

Separamos alguns passos para garantir uma alimentação saudável. Ela pode ser a melhor forma de reduzir o risco de várias doenças, como doenças do coração, diabetes e câncer.

Ingerir alimentos in natura ou minimamente processados

Alimentos in natura ou minimamente processados são predominantemente de origem vegetal. Por isso eles são a base de uma alimentação nutricionalmente balanceada e saborosa.

Variedade significa alimentos de todos os tipos: grãos, raízes, tubérculos, farinhas, legumes, verduras, frutas, castanhas, leite, ovos e carnes. Também é importante diversificar dentro de cada tipo: feijão, arroz, milho, batata, mandioca, tomate, abóbora, laranja, banana, frango e peixes, entre outros.

Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, em boa companhia

Procure fazer suas refeições em horários semelhantes todos os dias e evite “beliscar” nos intervalos entre as refeições. Coma devagar e desfrute da comida e do momento, sem se envolver em outra atividade.

Escolha ambientes limpos, confortáveis e tranquilos para fazer as refeições. É importante evitar estímulos para o consumo de quantidades ilimitadas de comida. Sempre que possível, coma em companhia, com familiares, amigos ou colegas de trabalho ou escola.

Evitar a ingestão de líquidos durante as refeições

Este hábito atrapalha o processo digestivo. Tomar líquidos durante a comida pode causar gases e constipação. Além disso, ele dificulta a perda de peso. O ideal é ingerir líquidos uma hora antes ou depois das refeições.

Fora de casa, dê preferência a locais que servem refeições feitas na hora

No dia a dia, procure locais que servem refeições feitas na hora e a preço justo. Restaurantes de comida a quilo e refeitórios que servem comida caseira podem ser boas opções.

Mesmo comendo fora de casa, é importante manter um prato equilibrado, com ingestão de legumes, cereais e pouca carne. Evite redes de fast food.